28.7 C
Serra
segunda-feira, 13 de julho de 2020

Chuva provoca transtornos e prejuízos na Serra e no ES

Veja resumo dos impactos causados pelas fortes chuvas que atingem o Espírito Santo, e consequentemente a Serra, desde a última quarta-feira (13)

Leia também

Com diminuição nos casos e óbitos diários, Serra registrou somente uma morte nas últimas 48 horas

Mesmo com o Espírito Santo ultrapassando a triste marca de duas mil mortes causadas pelo coronavírus no último domingo...

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para...

Opinião TN: O sucesso do governo Bolsonaro

Se tem uma frente em que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está tendo sucesso é a do...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Em Nova Carapina, segundo moradores, cerca de 50 famílias tiveram suas casas invadidas por água de esgoto e chuva. Foto: Divulgação

Depois de muita seca e calor, o serrano viu o tempo mudar radicalmente e começou a enfrentar os impactos das fortes chuvas que estão atingindo o Espírito Santo. Os temporais começaram na noite da última segunda-feira (11), mas se intensificaram entre a noite de terça (12) e a madrugada da última quarta (13). Pontos de alagamentos em vias públicas, casas inundadas, falta de energia e trânsito intenso complicaram a vida e trouxeram prejuízos a serranos e moradores de outras cidades do ES.

Em Nova Carapina I, famílias tiveram suas residências invadidas pela água da chuva, que veio junto com o esgoto de um córrego poluído que corta a comunidade. Repleto de esgoto, o riacho transbordou por conta das fortes chuvas. De acordo com o líder comunitário do bairro, Daniel Peixeiro, a situação ficou mais precária na rua Intendente Câmara, onde a água invadiu a casa de moradores, deixando diversas famílias desabrigadas.

Na comunidade de José de Anchieta II, os moradores também tiveram que lidar com uma situação parecida. Um valão do bairro também transbordou e impediu que moradores saíssem de suas residências, principalmente durante a manhã de ontem (13). Segundo populares, uma travessia que fica próxima à rua Amazonas ficou tomada por uma água suja, escura e fedorenta. A região ainda foi afetada por um ‘apagão’ entre 4h e 8h de ontem.

A chuva também castigou os moradores de Planalto Serrano Bloco A. Um leitor do TEMPO NOVO informou que as águas podres de esgoto do córrego Dr. Robson, que é um dos mais poluídos da cidade, entrou em casas próximas ao curso d’água.Sem contar a preocupação com o deslizamento de encostas no bairro, principalmente nas avenidas Colatina e Bela Vista, onde a água invadiu a casa de sete famílias.

A Defesa Civil da Serra informou que, até o final da tarde de ontem (13), não havia nenhum desabrigado ou desalojado no município. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Antônio Carlos Coutinho, as famílias que tiveram suas residências alagadas já conseguiram voltar para os imóveis.

O órgão pede que famílias em áreas de risco fiquem atentas e, em sinal de qualquer problema, os acionem. Na Serra, a Defesa Civil está de plantão e atende pelos telefones 3338-1756 (das 12h às 18h), 199 (plantão 24 horas). Os telefones 99938-9500 e 99949-8612 também atendem em plantão.

Em outras cidades do ES, como Vitória e Cariacica, os transtornos foram ainda maiores. Na Serra, choveu 112 mm nas últimas 24h, sendo a sexta cidade do ES onde mais choveu, segundo o Corpo de Bombeiros.

Alagamento na BR-101

Os motoristas sofreram para trafegar na BR-101 na manhã da última quarta-feira (13). A via ficou com dois pontos de alagamento na Serra (próximo ao supermercado EPA e à Casa do Adubo). O trânsito ficou interditado por quase toda a manhã e, depois, seguiu com bastante lentidão. A situação atrasou viagens do Transcol.

Previsão de mais temporal no feriadão da República

De acordo com o Climatempo, todo o Espírito Santo terá mais pancadas de chuva nesta quinta (14) e na sexta-feira, feriado de 15 de novembro, mas intercaladas com períodos de sol. Nestes dois dias, as condições para chuva são maiores à tarde e à noite e podem ocorrer raios. A chuva deve ser moderada.

Ainda segundo o Instituto, no sábado (16) e domingo (17), áreas de instabilidade se intensificam sobre a região Sudeste e as condições para chuva aumentam no estado. O Climatempo afirma que há risco de novos temporais na Serra e em toda a Grande Vitória. No sábado, deve voltar a chover mais forte na Serra e estão esperados 45 milímetros de chuva. No domingo, pode chover 15 milímetros.

Comentários

Mais notícias

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para uma siderúrgica, está oferecendo vagas...

Opinião TN: O sucesso do governo Bolsonaro

Se tem uma frente em que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está tendo sucesso é a do meio ambiente. Sim, você não...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!