27.1 C
Serra
quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Casa é Grande, mas só cabe um – Bruno vs Vidigal pelo apoio do governador

Leia também

Norte Sul é interditada e trânsito fica caótico na Serra

Um trecho da rodovia Norte Sul, próximo ao Terminal de Carapina, foi interditado na Serra. Isso fez com que...

Estado prorroga pré-matrícula em escolas públicas ate o dia 19

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo para a Pré-Matrícula na Rede Estadual para até o próximo dia...

Café com negócios para mulheres hoje a noite em Laranjeiras

Hoje (11) às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras....
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Bruna Lamas e Sérgio Vidigal disputam o apoio do governador Renato Casagrande. Foto: Divulgação

O deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) intensificou com força suas andanças na Serra. Toda semana, o PDT faz reuniões em bairros, em que Vidigal é a ‘estrela’ do show. Publicamente, ainda faz joguinho de esconde-esconde, mas nos bastidores está escancarado para quem quiser ver: é candidatíssimo a prefeito da Serra.

Para atingir esse objetivo, Vidigal tem muitos adversários, mas o ex-prefeito sabe quem ele tem que ‘atropelar’ no curto prazo: o deputado licenciado e secretário estadual Bruno Lamas (PSB).

O PSB é partido grande, vai ter recursos dos fundos Partidário e Eleitoral, têm militância de rua, tem movimento de juventude (segmento em que Vidigal é deficitário), além de ser o partido que governa o Estado, por meio de Renato Casagrande, que se resolver entrar de cabeça na eleição, pode emprestar todo o seu poder de influência para mexer no tabuleiro.

Por isso, Vidigal quer tomar de assalto o PSB, mas esbarra na família Lamas, que é um ‘problema’ para ele. Já se percebe um movimento de bastidor para ‘fritar’ Bruno, do qual Vidigal é um dos patrocinadores, de acordo com burburinhos de bastidor.

Lideranças alinhadas com o ex-prefeito têm dito por aí que Bruno não será candidato e que “a única solução” é abrir espaço na passarela para o PDT sambar. Ocorre que Bruno Lamas não é bobo e já percebeu o movimento de Vidigal.

Tanto é que em recente entrevista concedida ao TEMPO NOVO, o secretário estadual se posicionou vigorosamente e disparou: “A Serra está cansada de Vidigal”.

Bruno tem (pelo menos) duas cartas na manga: não tem rejeição alta – diferente de Vidigal – e não têm histórico de problemas judiciais, que é um ‘tendão de Aquiles’ para o ex-prefeito. A disputa pré-eleitoral já começou com força, e tanto Bruno como Vidigal sabem que têm um ao outro como seus adversários de curto prazo; isso visando o domínio de um polo político, o de Casagrande.

Comentários

Mais notícias

Estado prorroga pré-matrícula em escolas públicas ate o dia 19

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo para a Pré-Matrícula na Rede Estadual para até o próximo dia 19. A publicação foi feita...

Café com negócios para mulheres hoje a noite em Laranjeiras

Hoje (11) às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras. O evento, que será no...

Gabi da Serra e do Timão é eleita melhor meia do Brasileirão feminino

Gabriella Zanotti, a Gabi está há mais de um ano vestindo a camisa do Corinthians e este ano foi o destaque do clube. Em...

Maquiadora vai sortear em parceria com o TN combo de procedimentos estéticos

As festas de final de ano estão chegando. E quem não quer ficar bonita e atraente para passar os festejos em grande estilo?! A...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!