25.9 C
Serra
sábado, 06 de junho de 2020

Câncer de mama em pets atinge mais de 45% das fêmeas

Leia também

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...

Serra liberada para investir dinheiro da taxa de luz no combate à covid-19

O município também irá investir em obras e pagamento de precatórios. Valor é referente a 30% da Cosip
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

As causas do câncer de mama em cadelas e gatas estão relacionadas com o uso de anticoncepcionais, com a obesidade e também com uma alimentação não balanceada. Foto: Divulgação

Você já ouviu falar no Outubro Rosa? É uma campanha de conscientização que busca a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama nas mulheres. Pensando nos nossos melhores amigos, a Nutrire decidiu pegar carona nessa importante iniciativa para alertar aos tutores sobre a doença nos pets, visto que esse tipo de câncer é o mais comum em cadelas e gatas.

Dados do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) revelam a alta incidência da doença nos animais de estimação: cerca de 45% das cadelas e 30% das felinas desenvolvem algum tumor, sendo que 85%, infelizmente, são de caráter maligno.

“As causas do câncer de mama em cadelas e gatas estão relacionadas com o uso de anticoncepcionais, com a obesidade e também com uma alimentação não balanceada. Além disso, muitos animais não são castrados – o que aumenta o número de casos, visto que a castração precoce, aquela que ocorre antes do primeiro cio (cerca de seis meses de idade), é uma forma eficiente de prevenir alguns tipos de câncer”, explica a dra. Luana Sartori, veterinária da Nutrire.

Além de tudo, quase 20% dos tumores nas fêmeas são diagnosticados muito tarde, o que prejudica as chances de sobrevivência. “É por esse motivo que a visita constante ao veterinário é tão fundamental para a vida desses bichinhos. Somente o check-up feito regularmente pode detectar o problema mais cedo e garantir a chance de um tratamento mais eficiente”, revela.

Sintomas e tratamento

Os sintomas do câncer de mama em cadelas e gatas variam de caso para caso, mas os mais comuns são: dor, feridas, inapetência, vômitos, desânimo, além de nódulos e inchaço nas mamas.

“O tratamento vai variar também de acordo com a situação do animal e, claro, com a evolução da doença. A quimioterapia é uma opção eficaz, além de causar menos efeitos colaterais nos animais do que nos seres humanos”, explica Luana.

Porém, a especialista alerta que somente o veterinário poderá prescrever o melhor caminho. “Lembre-se que amor e carinho são remédios infalíveis para qualquer problema, mas o acompanhamento médico é o que trará os efeitos mais importantes para a saúde do seu pet. Quem ama cuida e faz check-up todos os anos”, finaliza a veterinária.

Comentários

Mais notícias

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo nas últimas semanas. Luciana pediu...

Serra liberada para investir dinheiro da taxa de luz no combate à covid-19

O município também irá investir em obras e pagamento de precatórios. Valor é referente a 30% da Cosip

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!