22.6 C
Serra
quarta-feira, 27 de Maio de 2020

Campeão e vice de tênis em cadeira de rodas são da Serra

Leia também

Fábio Duarte, escolhido por Audifax para ser o seu sucessor, fala um pouco da sua história

Administrar uma Prefeitura como a da Serra, o município mais populoso do Estado, não é para qualquer um. Suceder...

Destruição da Mata Atlântica reduz no ES, mas cresce em outros estados

Em tempos onde Brasília age abertamente para reduzir a proteção ambiental no país, uma boa notícia para os capixabas....

Polícia Rodoviária apreende 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na Serra

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma carga de caminhão com 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na...
Vilson Vieira Jrhttps://www.portaltemponovo.com.br%20
Morador da Serra, Vilson Vieira Junior é repórter do Tempo Novo. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Esporte.

Os paratletas Felipe e Breno ao lado do treinador Carlos E. Wiederspahn (Foto: Divulgação)

Os paratletas Felipe Ramos e Breno Grigório disputaram o torneio internacional Uberlândia Wheelchair Tennis Open, de Tênis em Cadeira de Rodas, que aconteceu de quinta (11) até o último domingo (14), na cidade de Uberlândia (MG).

Felipe, que é tetraplégico e tem 35 anos, ficou com o vice-campeonato de duplas na categoria Quad, para quem tem lesão em três membros ou mais. Ele fez dupla com o chileno Pablo Araya. Os adversários na final foram o brasileiro Augusto Fernandes e o equatoriano Edilson Molina, que venceram a partida por 2 sets a 0 (parciais de 6×3 e 6×2).

“Estou no esporte há pouco mais de um ano, após ser convidado por um amigo. Gostei e fiquei”, contou o paratleta, que ficou tetraplégico em virtude de um acidente automobilístico, em 2007. Dia 26 de abril, Felipe desembarca em Brasília para uma competição de paraciclismo de handbike.

Campeão Junior no Tênis em Cadeira de Rodas

Outra paratleta serrano que disputou o torneio foi Breno Grigório, que é paraplégico e tem 17 anos. Ele venceu a final de Junior Simples contra Jade Lanai, de Brasília, por 2 sets 0 (parciais de 6×3 e 6×1). “Foi muito bom para mim, porque eu percebi que estou evoluindo e que meu esforço até aqui tem valido muito a pena”, relatou o campeão, que foi convocado para disputar jogos em Israel, no mês de maio . Ele também vai marcar presença em um torneio interclubes no Clube da AEST, no próximo dia 26 de abril.

Breno começou sua história no tênis em cadeira de rodas graças ao convite de um amigo e à perseverança do técnico Carlos E. Wiederspahn. “O AEST estava precisando de um cadeirante para montar o time; então, meu amigo ligou para o treinador e disse que eu queria conhecer o esporte”, relembra o paratleta. Ele conta que o treinador ficou emocionado, pois já estava desacreditado de encontrar um cadeirante. “Então, ele me disse que sou um milagre de Deus que apareceu por lá”, revelou Breno.

Comentários

Mais notícias

Destruição da Mata Atlântica reduz no ES, mas cresce em outros estados

Em tempos onde Brasília age abertamente para reduzir a proteção ambiental no país, uma boa notícia para os capixabas. Houve redução de 31% na...

Polícia Rodoviária apreende 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na Serra

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma carga de caminhão com 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na madrugada desta quarta-feira (27), no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!