[secondary_title]

Câmara rejeita mudança na lei e secretário diz que cidade pode perder teatro

- PUBLICIDADE-
Só 11 dos 23 vereadores votaram pela mudança na lei. Foto: Arquivo TN/Fábio Barcelos
Só 11 dos 23 vereadores votaram pela mudança na lei. Foto: Arquivo TN/Fábio Barcelos

Bruno Lyra

Conceição Nascimento

O prefeito Audifax Barcelos (PSB) amargou um revés na Câmara da Serra na sessão desta segunda-feira (20). Ele teve rejeitado o projeto de lei 90/2015, que buscava alterar a Lei Municipal 4.305/2014, sobre a doação de um terreno de 12 mil m2 para o Sesc ( Serviço Social do Comércio ) construir um teatro e uma escola ao lado do Terminal de Laranjeiras. Foram 11 votos favoráveis, 11 contrários e uma abstenção. Para passar o projeto precisava de 16 votos favoráveis.

Com o projeto, o Executivo tentava retirar dois parágrafos da Lei, que estabelecem contrapartida do Sesc. Uma delas é a reserva de 50% das vagas da escola de ensino fundamental para alunos da Serra que tenham renda familiar de até três salários mínimos.  Outra contrapartida que seria retirada é a de disponibilizar o teatro e o espaço cultural para três eventos por semana ligados ao município, comunidades ou artistas locais.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Erly Veiria, disse que sem a aprovação da mudança há risco do Sesc não vir para a cidade. “Foi pedida a alteração da lei porque as regras do Sesc não permitem a doação naqueles termos. Mas foi preparado um convênio entre a Prefeitura e o Sesc garantindo as mesmas contrapartidas. Basta a lei ser aprovada que o convênio será assinado”, disse um pouco antes da Câmara rejeitar a alteração.

Por sua vez, os vereadores que votaram contra a alteração não concordam com o modelo proposto pela prefeitura. “O convênio que pode ser quebrado a qualquer momento, já que não seria mais uma lei”, disse o oposicionista Basílio da Saúde (Pros).

O terreno fica numa área próximo ao Terminal de Laranjeiras ao lado do futuro Faça Fácil,  local onde funcionava o antigo Shopping do Povo. A reportagem acionou a assessoria de comunicação do Sesc na manhã desta terça (21) mas até às 15h e 40 ainda não havia recebido posicionamento da instituição.

 

...

Rachado, União Brasil realiza convenção e candidatos declaram apoio a Weverson/Vidigal

A destituição do Diretório Municipal do União Brasil, na Serra, está provocando um racha entre o grupo e a direção estadual da legenda, agora...

Suspeito de matar casal em Mantenópolis é preso na Serra

O suspeito de matar um casal em um bar no Centro de Mantenópolis foi preso na noite desta sexta-feira (19). O homem foi encontrado...

Histórias e promessas de amor do 2º Casamento Comunitário da Serra

A segunda edição do Casamento Comunitário da Serra aconteceu na manhã deste sábado (20) no Parque da Cidade. O cartão postal localizado entre os...

Mesmo apoiado por Casagrande, seria Marcelo Santos o maior opositor ao governador?

A Serra se tornou o centro de uma acalorada disputa que envolve o partido União Brasil e que já transbordou para o coração do...

É preso casal suspeito de matar mãe e filho na Serra

Um casal foi preso na noite desta sexta-feira (19) apontados como suspeitos dos assassinatos de Priscila dos Santos de Ambrósio e Igor Gabriel de...

Prefeitura vai doar 92 casas próprias para famílias da Serra

Outras 92 famílias vão receber as chaves de seus novos lares e realizar seus sonhos da casa própria. Neste sábado (20), a Secretaria Municipal...

Pão de forma e direção: a mistura que pode dar errado no bafômetro

Um estudo inovador realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) identificou um fato surpreendente que pode levar os motoristas a repensar o...

Centro Cultural oferece espetáculos gratuitos para crianças e adultos neste sábado na Serra

Neste sábado (20), o Centro Cultural Eliziário Rangel, em São Diogo, na Serra, vai presentear o público serrano com duas apresentações teatrais gratuitas: uma...