22.1 C
Serra
quarta-feira, 08 de julho de 2020

Câmara aprova doação de área para ampliação do Centro de Triagem de Animais Silvestres

Leia também

Com 278 novos casos em 24 horas, Serra já registra 8.520 moradores infectados pela Covid-19

Continua subindo diariamente o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. Sendo a segunda cidade com mais confirmações...

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Animais encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), que pertence ao Ibama e está localizado em Barcelona. Foto: Divulgação

Sob o argumento de manter na Serra a sede do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), a Câmara de Vereadores aprovou nesta segunda-feira (01) o Projeto de Lei 126/2019, que autoriza a prefeitura a desafetar e doar duas áreas no Loteamento Granas Novas, em Barcelona, para ampliação da sede do órgão, vinculado ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). 

A área doada tem 11.200 metros quadrados e está situada em uma reserva florestal que tem 837.602.87 metros quadrados. 

A matéria é assinada pelo prefeito Audifax Barcelos (Rede) e foi votada em regime de urgência especial, em duas sessões. Segundo informações do vereador Ailton Rodrigues (PSC), a votação foi antecipada porque havia o risco de a sede do órgão ser transferida para Cariacica e esta foi a forma encontrada para que permanecesse na Serra. “O espaço para abrigo dos animais será ampliado, com a criação de novos e mais espaçosos viveiros. Além disso, aproximadamente 40 empregos serão gerados”, disse o vereador.

Cetas são unidades de manejo de animais silvestres apreendidos em ações fiscalizatórias, resgate ou entregas voluntária de particulares. No local os animais são identificados, marcados, recuperados e reabilitados a fim de serem devolvidos à natureza. Nestes locais também são desenvolvidas pesquisas científicas, ensino e extensão.  

Comentários

Mais notícias

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de pessoas curadas da Covid-19. De...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter altos casos fatais dentro do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!