[secondary_title]

Café da Assevila debate licenciamento ambiental e investimentos

O evento contou com dois painéis apresentados, respectivamente, pelo secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Felipe Rigoni, e o presidente da Cesan, Munir Abud

- PUBLICIDADE-
Foto: Fabrício Lima
Foto: Fabrício Lima

O 19º Café realizado entre empresários de Vila Velha, vice-governador, secretários de Estado e município, bem como demais autoridades políticas, movimentou o tema da ‘nova lei de licenciamento ambiental e dos investimentos da Cesan para Vila Velha’, tendo sido promovido pela Associação dos Empresários de Vila Velha (Assevila) na manhã desta quarta-feira (27).

O encontro contou com dois painéis apresentados, respectivamente, pelo pelo secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Felipe Rigoni, e o presidente da Cesan, Munir Abud e debate mediado pela jornalista Andreia Lopes.

O evento aconteceu no Hub de Inovação da Assevila, no Shopping Praia da Costa. Segundo o presidente da Assevila, Marco Túlio Ribeiro Fialho, que se despediu da função que ocupa, a temática tratada é de fundamental importância pois, sem infra-estrutura urbana, o município acaba não sendo competitivo.

“Hoje me despeço como presidente da instituição. Passo o bastão com alegria e muita gratidão ao Thomaz Tommasi. Poder servir é uma dádiva e servir neste último triênio foi uma oportunidade de evoluir. Que meu colega se sinta inspirado a fazer um trabalho ainda melhor”, disse, inaugurando a celebração.

Em seguida, foi a vez do vice-governador do Estado, Ricardo Ferraço, coroar o encontro. “O debate da nova lei geral de licenciamento ambiental é fundamental e temos uma parceria importante do governo com o município de Vila Velha, por meio do prefeito Arnaldinho Borgo. Tivemos um 2023 muito produtivo, sendo que o Estado nunca investiu tanto. Nosso crescimento do PIB foi quase o dobro do país. Estamos criando um ambiente de negócios com responsabilidade”, frisou.

Painel 1: Investimentos da Cesan para Vila Velha

O primeiro painel da manhã foi apresentado por Munir Abud, presidente da Cesan. Segundo ele, é perceptível a evolução que Vila Velha vem tendo em termos de investimentos. “A Cesan ficou devendo durante muito tempo a Vila Velha. Quando assumi, aqui era uma das cidades que mais demandavam investimento. Decidimos encarar de frente. Quando falo de Vila Velha, o Espírito Santo tem muito a se orgulhar”, iniciou.

Sobre a temática, a autoridade citou obras concluídas e em andamento, destacando como mais marcante a despoluição do canal da Costa. “São mais de R$ 2 bilhões em investimentos na cidade nos próximos quatro anos”, pontuou.

Como obra em fase de conclusão foi destacado o sistema de esgotamento sanitário do complexo penitenciário de Xuri.

“Estão em andamento a estação de tratamento de esgoto Terra Vermelha, além da ETE Araçás, com prazo para finalizar em dezembro de 2024. Também temos a ampliação da ETE Caçaroca, que garante o abastecimento de água no município nos próximos anos e vamos iniciar as obras da barragem do Jucu, com que, se ficar sem chover por 4 meses, não haverá desabastecimento. Com isso, a situação da falta de água ficará no passado. Para tudo isso, preciso de cada um de vocês empresários, já que nossos investimentos vieram de quem conhece a dificuldade de cada canto. É por pedidos de vocês que nós nos posicionamos”, destacou.

Painel 2: Nova lei de licenciamento ambiental

No segundo painel do dia, o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Felipe Rigoni declarou que, a ele foi dada a missão de desenvolver o licenciamento, que é também um desafio regulatório, já que antes o Estado só contava com um decreto dispondo sobre o tema.

“Agora temos a lei, com a intenção de atacar em três frentes: padronizar, simplificar e acelerar o procedimento para obtenção de licenças ambientais. Quando regulamentada, contaremos inclusive com automatização delas. Será também criado um banco de dados ambientais georeferenciados, segmentados. Nós também criamos o Conselho de Gestão Ambiental para integrar Iema, Idaf e Agerh. Esta lei será regulamentada até o fim de julho, mas alguns dispositivos já estão funcionando, ao exemplo de casos de calamidade – já que enfrentamos um momento tão grave com as enchentes em nosso território”, disse.

Debate

Como encerramento dos painéis apresentados no 19º Café Empresarial, foram trazidos os palestrantes para um debate mediado pela jornalista Andreia Lopes. Nele também foi aberto espaço para perguntas aos participantes.

Dentre as respostas de Munir Abud, destacaram-se o uso da tecnologia e da inteligência artificial que serão empregadas em Vila Velha para evitar o vazamento de água tratada. “Geralmente as obras neste sentido causam muito transtorno e, sabendo que a rede de Vila Velha é antiga, contratamos robôs da Alemanha, que entram na tubulação. Ou seja, vai ter obra e ninguém vai ver. O robô passará embaixo da terra, sem dano à pavimentação, logo, haverá recomposição das redes com o mínimo de dano”, frisou o presidente.

Presentes no evento

Entre os presentes no evento, estiveram o presidente da Cesan, Munir Abud, o diretor Operacional da Cesan, Thiago Furtado, a diretora de Engenharia e Meio Ambiente da Cesan, Kátia Coco, o Secretário Municipal de Fazenda de Vila Velha, Elcio Pedro Uliana, o vereador de Vila Velha, Fábio Barcellos, a Vereadora de Vila Velha, Patrícia Crisanto, o diretor executivo da OCB-ES, Carlos André Santos de Oliveira, a diretora de eventos da Ases, Jaqueline Guerra; entre outros.

 

...

Tardezinha solidária: samba e pagode para ajudar vítimas das chuvas no Sul do Estado

Neste domingo (14), os amantes de samba e pagode têm um compromisso solidário na Serra Sede. O Churrasquinho da Fabiana será palco de uma...

Serra perde Dona Elba, uma das fundadoras do loteamento Cascata

Faleceu na madrugada deste sábado (13) a serrana, Elba Ribeiro do Nascimento Miranda, aos 75 anos. O corpo de Dona Elba está sendo velado...

Com novos food trucks, Feirinha de Colina terá música ao vivo na sexta e no sábado

Neste fim de semana, a Praça de Colina de Laranjeiras, na Serra, sediará uma edição especial da Feirinha Gastroartes. Agora, o evento se estende...

Wild West lança cerveja Tripel no estilo belga na Serra

Neste final de semana, a Cervejaria Wild West, em São Diogo, na Serra, apresentará uma nova cerveja. A partir das 17 horas, os interessados...

Arpoador comemora 1 ano de fundação com Festival de Pagode

O Arpoador Gastrobar, em Colina de Laranjeiras, na Serra, está completando um ano de funcionamento e a comemoração vai ser com três dias de...

Serra fará “Dia D” de vacinação contra a gripe neste sábado

Neste sábado (13), vai ter "Dia D" para a vacinação contra o vírus da Influenza na Serra. Aqueles que ainda não receberam a imunização...

Pub da Serra apresenta fim de semana de tributo ao Nirvana e competição de karaokê

O Garage Pub, conhecido refúgio dos amantes do rock e da boa cerveja em Laranjeiras, na Serra, está preparando um fim de semana de...

Furto de cabos em semáforos causa transtornos no trânsito da BR 101, na Serra

Na manhã desta sexta-feira, 12, motoristas que passavam pela interseção da Rodovia BR 101 enfrentaram transtornos significativos devido a um roubo de cabos que...

Inscrições seguem abertas para tirar carteira de motorista de graça no CNH Social

A primeira fase do programa CHN Social 2024 registra, até o momento, mais de 63 mil candidatos inscritos. Aqueles que tiverem interesse em obter...
Anúncio
close-link