21.3 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Bote da Coral para derrubar a Águia do ninho na capital

Leia também

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...

Serra liberada para investir dinheiro da taxa de luz no combate à covid-19

O município também irá investir em obras e pagamento de precatórios. Valor é referente a 30% da Cosip

Está na Câmara projeto que cria auxílio emergencial de R$ 400 para moradores da Serra

O município da Serra poderá ter seu próprio auxílio emergencial destinado aos moradores financeiramente mais afetados pela crise decorrente...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A torcida do tricolor serrano tem sorrido em 2018 e certamente marcará presença no Salvador Costa para apoiar o Serra no clássico contra o Vitória pelas semifinais. Foto: Adriano Barbosa

Thiago Albuquerque

Para seguir o sonho do título inédito da Copa ES, o Serra encara o tradicional Vitória em dois clássicos que irão definir o finalista que irá enfrentar o vencedor do duelo Real Noroeste x Atlético Itapemirim, a outra semifinal do certame.

E primeiro jogo do Cobra Coral contra a Águia é justamente no ‘ninho’ do adversário, o estádio Salvador Costa. Será neste sábado (29) às 15h em Bento Ferreira. Segundo o treinador do Serra, Charles de Almeida, a missão da equipe é conseguir um bom resultado neste jogo para decidir no próximo dia 06 de outubro, no Robertão.

“Somos uma equipe jovem, mesclada com alguns jogadores experientes. Esperamos manter a nossa filosofia de manter os pés no chão, ter humildade.  Sábado agora é outra decisão. Obviamente as coisas vão ficando mais difíceis e o importante é manter o foco. É lembrar da velha regra, de matar um leão a cada jogo”, frisa Charles. 

Apesar de já ter garantido a vaga na Série D do Brasileirão de 2019 vencendo o Capixabão no 1º semestre, Charles destaca a importância dessa Copa ES para seus jovens comandados. “Os jogadores estão ficando mais experientes com a disputa desse campeonato. E ainda temos o atacante Rael, que cresce nas decisões”, lembra.

O Tricolor Serrano chega a semifinal como o melhor time da sua chave e com a segunda melhor campanha da primeira fase. Com oito partidas disputadas, quatro vitórias três empates e uma derrota, o time ainda tem a melhor defesa na competição.

E o 1º jogo da outra semifinal entre Real e Atlético, acontece também às 15h deste sábado na casa dos Merengues Capixabas. O embate da volta será na próxima semana em Itapemirim.

Dos quatro semifinalistas, o Serra é o único que ainda não foi campeão da Copa ES. O Real Noroeste tem três títulos: 2011, 13 e 14. Já o Vitória é bicampeão, 2009 e 10 e o Atlético Itapemirim é o atual campeão, vencendo em 2017.

O time que vencer a Copa Espírito Santo garante também uma vaga para a Copa Verde de 2019 e para o Campeonato Brasileiro da Série D de 2019.
“Espero disputar Copa do Brasil e Série D pelo Serra”

O atacante Rael, é artilheiro do ano pelo Serra com oito gols. Foto: Adriano Barbosa

Com 26 anos, artilheiro do Serra no ano com oito gols, o atacante Israel do Nascimento Gomes, mais conhecido como Rael, é de Campo dos Goytacazes, no Rio de Janeiro. Além do Cobra Coral, ele jogou no São Gonçalo, São João da Barra, Goytacazes, Bonsucesso e Macaé, todos do RJ, e também os capixabas Desportiva e Rio Branco. Com contrato até o fim da Copa ES, Rael espera disputar a Copa do Brasil e o Brasileirão pelo Serra ano que vem.

[TN]Como você analisa sua passagem pelo Serra até agora e qual sua situação de contrato?

[RAEL]  Minha passagem pelo Serra até agora tem sido boa, fui campeão estadual fazendo dois gols na final, artilheiro do Serra em 2018. Meu contrato vai até o fim da Copa Espírito Santo, e espero o contato da diretoria para disputar a Copa do Brasil, Brasileiro em 2019, possivelmente a Copa Verde em caso de título da Copa ES. Gostaria de ficar, me adaptei a cidade, vou ter um filho agora, será interessante continuar aqui.

Como foi ganhar o título do Capixabão com o Serra?

O Serra me acolheu desde o fim do ano passado. A diretoria tem trabalhado certo, mantém salários em dia. Foi uma alegria enorme ser campeão entrando para história do clube ao marcar o gol do título.

Como você avalia a primeira fase do Serra na Copa ES?

A nossa consciência é que não foi tão bem, mas conseguimos classificar em primeiro e vamos decidir em casa. Temos muitas chances de brigar pelo título da Copa Espírito Santo.

O que esperar da semifinal contra o Vitória?

Vai ser um clássico entre duas equipes importantes da Grande Vitória. Vai ter além do confronto dentro de campo, o duelo fora do gramado com as torcidas do Serra. Serão 180 minutos de dois jogos muito difíceis. Que um dos finalistas desta competição seja o Serra.

Comentários

Mais notícias

Serra liberada para investir dinheiro da taxa de luz no combate à covid-19

O município também irá investir em obras e pagamento de precatórios. Valor é referente a 30% da Cosip

Está na Câmara projeto que cria auxílio emergencial de R$ 400 para moradores da Serra

O município da Serra poderá ter seu próprio auxílio emergencial destinado aos moradores financeiramente mais afetados pela crise decorrente do coronavírus. Isso porque já...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!