21.8 C
Serra
segunda-feira, 06 de julho de 2020

Aulas a distância vão ser consideradas carga horária letiva a partir de julho

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A medida passa a ver a partir do dia 1° de julho. Foto: Agência Brasil

A partir do dia 1° de julho – quarta-feira, o programa EscoLAR passará a valer como carga horária letiva nas escolas estaduais, O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Educação, Vitor de Angeli na tarde desta quinta (23). A volta presencial das aulas ainda não tem data prevista, tanto para instituições públicas como particulares.

A metodologia valerá para as 444 escolas estaduais. “Neste momento temos a condição de monitorar, gerar relatórios, acompanhar cada escola. No aplicativo tem todos os níveis de acesso para professores e diretores acompanharem o que acontece em cada unidade escolar. Isto foi construído ao longo do tempo. Agora temos segurança, e isso atende a expectativa de equipe pedagógica de escola e dos alunos”.

Avaliação diagnóstica

Vitor também anunciou avaliações diagnósticas nos alunos da rede estadual para saber o que tem de conhecimento vindo de 2019. Isso era para ter sido feito em março mas as escolas fecharam. A avaliação é para aferir aquilo que foi aprendido antes do EscoLAR, para fins de co-validação. Será online e aplicada por instituição parceira. Os alunos que não puderem fazer, farão no momento em que as aulas retornarem presencialmente”.

Vitor disse ainda que a avaliação poderá ser em parte compartilhada com cada um dos 78 municípios. ‘Nós por meio adesão dos municípios poderemos disponibilizar as provas, matriz, gabarito, todo conteúdo utilizado pela Sedu. Para nossa rede vamos divulgar na segunda feira as diretrizes operacionais do programa EscoLAR na sua versão 2″.

O secretário disse ainda que as diretrizes, em parte, envolvem readequações curriculares. “Temos o currículo e menos tempo para cumpri-lo. Essa adequação do produto é de um trabalho conjunto e colaborativo”.

Volta presencial 

A volta presencial das aulas ainda não tem data prevista, tanto para instituições públicas como particulares.

Um grupo de trabalho foi criado para criar protocolos sanitários para quando a volta as aulas ocorrer. Desses março não tem aula presencial nas escolas capixabas.

 

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!