Audifax vai apelar ao governador para que reavalie suspensão de convênios

0
Audifax vai apelar ao governador para que reavalie suspensão de convênios
Audifax e Hartung durante a assinatura de convênio. Foto: Divulgação

O prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede), vai apelar ao governador Renato Casagrande (PSB) para que reavalie a decisão de suspender os convênios com diversas prefeituras capixabas, e que foram assinados por seu antecessor, Paulo Hartung (sem partido) nos últimos três meses de governo. A Serra seria beneficiada com recursos da ordem de R$ 20 milhões para investimentos na cidade, por meio da parceria com a administração estadual. 

Em nota enviada pela Secretaria de Comunicação (Secom), Audifax adiantou como pretende argumentar com o socialista.

“Acredito que o novo governo olhará as necessidades dos municípios, inclusive as da Serra.
Acredito na palavra dada do governador, que se comprometeu a garantir o repasse dos recursos dos convênios aos municípios, tanto que solicitou ao Tribunal de Contas do Espírito Santo o parcelamento e não o cancelamento dos convênios.
O governador fala da necessidade de investimentos para o Estado, e entendo que não existe maneira mais eficiente do que estes recursos serem aplicados também pelo governo estadual.
Assim como o governador anuncia sua ida a Brasília para buscar, junto ao presidente Bolsonaro, recursos para obras, os prefeitos têm a mesma expectativa em relação a ele para os municípios.
Eu, em nome de 500 mil pessoas, solicito que o governo do Estado reveja a publicação do decreto.
Todos os convênios assinados são de grande importância para a população da Serra. Eles foram fruto de muito tempo de entendimento e são obras prioritárias para o município. Atenderão diretamente cerca de 300 mil pessoas e, indiretamente, todo o Espírito Santo”.

Segundo informações da assessoria de Casagrande, os valores repassados para os municípios terão que ser devolvidos, e os municípios terão prazo para devolver o valor, apresentar plano de trabalho, onde vão detalhar as prioridades do município, por que são prioridades e por que o repasse deve ser feito de forma integral. Só assim o dinheiro poderá ser repassado pelo Governo às prefeituras. Serão sustados os últimos 90 dias de convênios.  

Comentários