25 C
Serra
sábado, 25 de janeiro de 2020

Audifax vai apelar ao governador para que reavalie suspensão de convênios

Leia também

Câmara da Serra pode ganhar mais um vereador

Nova decisão da Justiça vai promover alterações na Câmara da Serra. O juiz substituto Leonardo Mannarino Teixeira Lopes, da...

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Audifax e Hartung durante a assinatura de convênio. Foto: Divulgação

O prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede), vai apelar ao governador Renato Casagrande (PSB) para que reavalie a decisão de suspender os convênios com diversas prefeituras capixabas, e que foram assinados por seu antecessor, Paulo Hartung (sem partido) nos últimos três meses de governo. A Serra seria beneficiada com recursos da ordem de R$ 20 milhões para investimentos na cidade, por meio da parceria com a administração estadual. 

Em nota enviada pela Secretaria de Comunicação (Secom), Audifax adiantou como pretende argumentar com o socialista.

“Acredito que o novo governo olhará as necessidades dos municípios, inclusive as da Serra.
Acredito na palavra dada do governador, que se comprometeu a garantir o repasse dos recursos dos convênios aos municípios, tanto que solicitou ao Tribunal de Contas do Espírito Santo o parcelamento e não o cancelamento dos convênios.
O governador fala da necessidade de investimentos para o Estado, e entendo que não existe maneira mais eficiente do que estes recursos serem aplicados também pelo governo estadual.
Assim como o governador anuncia sua ida a Brasília para buscar, junto ao presidente Bolsonaro, recursos para obras, os prefeitos têm a mesma expectativa em relação a ele para os municípios.
Eu, em nome de 500 mil pessoas, solicito que o governo do Estado reveja a publicação do decreto.
Todos os convênios assinados são de grande importância para a população da Serra. Eles foram fruto de muito tempo de entendimento e são obras prioritárias para o município. Atenderão diretamente cerca de 300 mil pessoas e, indiretamente, todo o Espírito Santo”.

Segundo informações da assessoria de Casagrande, os valores repassados para os municípios terão que ser devolvidos, e os municípios terão prazo para devolver o valor, apresentar plano de trabalho, onde vão detalhar as prioridades do município, por que são prioridades e por que o repasse deve ser feito de forma integral. Só assim o dinheiro poderá ser repassado pelo Governo às prefeituras. Serão sustados os últimos 90 dias de convênios.  

Comentários

Mais notícias

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município capixabas. E as alterações se...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará para os participantes exames de...

Chuvas | Serra antecipa limpeza de bueiros e valas

Áreas de instabilidade se intensificaram sobre o mar e avançaram para o Espírito Santo espalhando nuvens carregadas sobre algumas regiões do estado próximas do...

Cinquenta voluntários da Serra vão ajudar na limpeza de Iconha

Muitas doações de produtos de limpeza, alimentos e roupas estão chegando ao município de Iconha, devastado por chuvas que atingiram o sul do Espírito...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem