20.3 C
Serra
quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Área verde em Novo Porto Canoa sofre tentativa de invasão

Leia também

Análise: Xambinho, entre a juventude e a maturidade para lançar uma pré-candidatura independente

Aos 33 anos, o deputado mais jovem da Assembleia, Alexandre Xambinho (PL) se vê diante do momento mais importante...

Polícia Militar atendeu 6.124 ocorrências na Serra durante o mês de julho

Durante os 31 dias do mês de julho na Serra a Polícia Militar realizou 1.677 operações. Os dados foram...

Novo condomínio de R$ 35 milhões pode gerar até 200 vagas de emprego na Serra

Um investimento de R$ 35 milhões e a expectativa de geração de até 200 vagas de empregos diretos. Esse...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

                                                                                     Renato Ribeiro

Equipes da PM contiveram a ocupação irregular na última sexta (25). Foto: Divulgação
Equipes da PM contiveram a ocupação irregular na última sexta (25). Foto: Divulgação

Durante o feriadão de Páscoa um grupo de cerca de 300 pessoas tentou invadir a área verde que fica entre a avenida Brasília em  Eldorado e o bairro Novo Porto Canoa. A ação começou na noite de quinta-feira (24), mas foi contida pela Polícia Militar na sexta-feira (25).

De acordo com o chefe da Fiscalização Ambiental do município, José Luiz Scaquete , os invasores não chegaram a derrubar a mata que ainda existe no trecho, mas fizeram a demarcação dos lotes. “A situação tomou uma proporção maior porque muitos moradores vizinhos aproveitaram para tentar pegar lotes também”, explica.

Segundo Scaquete, foi preciso o apoio de homens da Polícia Militar Ambiental e do Batalhão de Missões Especiais para retirar as pessoas do local. O fiscal acrescentou que 99% da área é pública, pois compõe o cinturão verde na região. As matas desse cinturão ajudam a proteger águas que formam a lagoa Jacuném.

Questionado se a ação foi coordenada por algum movimento social organizado, José Luiz disse não acreditar. “A única pessoa que apareceu para interceder junto às autoridades presentes foi um homem que se identificou como pastor evangélico”, pontua.

Se a invasão dessa área verde do município foi contida, pelo menos por hora, o mesmo não se pode dizer de outras duas áreas. Uma delas, às margens

Invasão na APA de Praia Mole em Balneário Carapebus. Foto: Arquivo TN / 28 - 12 - 15
Invasão na APA de Praia Mole em Balneário Carapebus. Foto: Arquivo TN / 28 – 12 – 15

da avenida Augusto Ruschi em Balneário Carapebus, está cada vez mais consolidada. Neste caso houve derrubada de mata Atlântica que protegiam nascentes da lagoa Carapebus. O local faz parte da Área de Proteção Ambiental (Apa) de Praia Mole. Tempo Novo noticiou o caso em 29 de dezembro do ano passado.

“Nesta situação em Balneário não podemos intervir, pois se trata de área particular. É preciso esperar que a Justiça conceda ao dono o mandado de reintegração de posse que, pelo que sei, ainda não aconteceu”, explica.

São Diogo volta a ser alvo

Área verde perto do córrego São Diogo voltou a ser invadida. Foto: Arquivo TN/ outubro de 2013
Área verde perto do córrego São Diogo voltou a ser invadida. Foto: Arquivo TN/ outubro de 2013

Um terreno, também particular, localizado entre os fundos do motel Status e o clube Banestes na região de São Diogo voltou a ser invadido. O local havia sofrido ocupação irregular em outubro de 2013, mas na ocasião as pessoas foram retiradas do terreno pela Polícia após decisão da Justiça de reintegração de posse em favor dos proprietários.

Este terreno fica nas cabeceiras do córrego São Diogo, um dos formadores do riacho que deságua entre as praias de Manguinhos e Bicanga.    

 

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Polícia Militar atendeu 6.124 ocorrências na Serra durante o mês de julho

Durante os 31 dias do mês de julho na Serra a Polícia Militar realizou 1.677 operações. Os dados foram divulgados pelo 6º Batalhão da...

Novo condomínio de R$ 35 milhões pode gerar até 200 vagas de emprego na Serra

Um investimento de R$ 35 milhões e a expectativa de geração de até 200 vagas de empregos diretos. Esse é o impacto econômico do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!