• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados
20.7 C
Serra
sábado, 12 junho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados
Vacinação contra o coronavírus:

Após baixa procura, Serra ainda tem 1.500 vagas para vacinar moradores contra Covid-19

Leia também

Ministro de Bolsonaro cita a Serra e divulga vídeo da obra do Contorno do Mestre Álvaro

Na última sexta-feira (11) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas publicou um vídeo em suas redes sociais,...

Atenção: Serra ainda tem vagas para vacinas de Covid (1° e 2° dose) e Influenza

A Prefeitura Municipal da Serra, por meio da secretaria de Saúde, informa que das vagas abertas nesta sexta-feira (11),...

Serra retoma aulas presenciais para 14 mil alunos do 6º ao 9º ano e EJA

  As atividades para os alunos da rede municipal de educação da Serra que estão cursando entre o 6º e...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Cidade segue com campanha de vacinação a todo vapor. Foto: Divulgação | Prefeitura da Serra

Após registrar baixa procura de pessoas para serem vacinadas contra o coronavírus no agendamento on-line realizado na última sexta-feira (4), a Prefeitura da Serra reabriu 1.500 doses do imunizante para pessoas do público geral, que possuem de 55 a 59 anos, trabalhadores da Educação, idosos e pacientes com comorbidades, além de grávidas e puérperas. Quem garantir sua vaga será vacinado ainda nesta semana, até a próxima quinta-feira (10).

A informação foi concedida pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) ao TEMPO NOVO na tarde desta segunda-feira. De acordo com o Município, a disponibilidade de doses ocorreu em função da sobra de vacinas, já que pode ter havido baixa procura dos grupos contemplados no agendamento anterior.

O agendamento pode ser feito clicando aqui

As vagas agora são para:

– Pessoas entre 55 e 59 anos, sem comorbidade;

– Pessoas com comorbidades da fase 1 (síndrome de down, deficiência mental/intelectual, obesidade mórbida, doença neurológica crônica, doença renal crônica em diálise, fibrose cística) e demais comorbidades da fase 2 que tenham idade entre 18 e 59 anos;

– Pessoas com deficiências permanentes cadastradas ou não no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), também na faixa etária de 18 a 59 anos;

– Idosos com mais de 75 anos que precisam tomar a segunda dose da vacina do laboratório Fiocruz/AstraZeneca;

– Trabalhadores da Educação acima de 18 anos, da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico e Ensino Superior;

– Gestantes e Puérperas.

Onde haverá vacinação?

A vacinação acontecerá nas seis Unidades Regionais de Saúde, em Boa Vista, Jacaraípe, Serra Sede, Serra Dourada, Novo Horizonte e Feu Rosa. Também haverá pontos de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde de Planalto Serrano A, Nova Almeida, Bairro de Fátima, Eldorado, Carapina Grande, Jardim Tropical, Laranjeiras Velha, Parque Residencial Laranjeiras, Cidade Continental, Nova Carapina I e II, José de Anchieta e André Carloni. Outro ponto de imunização será no drive-thru do Parque da Cidade.

Na semana passada, a Sesa abriu agendamento nos dias 02 e 04, com um total de 20 mil vagas disponíveis para diversos grupos prioritários, incluindo as pessoas sem comorbidade, com idade entre 55 e 59 anos, além dos motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário, que estejam atuando, bem como os trabalhadores portuários.

Documentos exigidos

Para se vacinar, todos deverão levar documento com foto e cartão de vacina. Os trabalhadores da educação devem levar a declaração emitida pela escola, conforme padronização pela Secretaria Estadual de Educação (Sedu).

Quem tem comorbidades deverá apresentar o laudo médico ou a declaração do enfermeiro do serviço de saúde onde o usuário faz o tratamento ou a prescrição médica contendo a descrição da comorbidade. A receita de medicamentos não será aceita.

As pessoas com deficiências permanentes cadastradas ou não no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) deverão apresentar documento com foto.

Os laudos/declarações ficarão retidos na sala de vacinação e precisam ser de 2018 em diante. Por isso, é necessário que a pessoa leve o original do documento e a cópia.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!