20.3 C
Serra
quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Após 5 horas de interdição, BR-101 é liberada na Serra

Leia também

Análise: Xambinho, entre a juventude e a maturidade para lançar uma pré-candidatura independente

Aos 33 anos, o deputado mais jovem da Assembleia, Alexandre Xambinho (PL) se vê diante do momento mais importante...

Polícia Militar atendeu 6.124 ocorrências na Serra durante o mês de julho

Durante os 31 dias do mês de julho na Serra a Polícia Militar realizou 1.677 operações. Os dados foram...

Novo condomínio de R$ 35 milhões pode gerar até 200 vagas de emprego na Serra

Um investimento de R$ 35 milhões e a expectativa de geração de até 200 vagas de empregos diretos. Esse...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A manifestação aconteceu próximo ao bairro Divinópolis. Foto: Polícia Rodoviária Federal

Uma manifestação de moradores deixou o trânsito caótico num trecho da BR-101 na Serra, durante a manhã desta segunda-feira (9). De acordo com Polícia Rodoviária Federal (PRF), o problema ocorreu no Km 254, próximo ao bairro Divinópolis e gerou filas de aproximadamente 3 quilômetros no sentido norte e 4 quilômetros no sentido sul.O trânsito já foi liberado, mas segue muito lento.

Na última atualização liberada pela assessoria de imprensa da Eco 101, concessionária que administra a rodovia, a empresa informou que o trânsito já foi liberado nos dois sentidos. Apesar disso, o fluxo de veículos segue muito intenso na região – o que é um reflexo das 5 horas de interdição.

Ainda segundo a PRF, a manifestação começou as 04h30 da manhã desta segunda-feira e durou cinco horas. O trânsito estava sendo liberado de forma intercalada, mas os populares resolveram bloquear totalmente a rodovia. Os manifestantes também colocaram fogo em objetos que foram espalhados pela via.

Os manifestantes permanecem na região, mas agora interrompem apenas a entrada de acesso para o bairro Divinópolis. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os moradores estão neste momento (11h) as margens da BR-101.

Manifestação é por conta de desapropriação de terreno

Para o TEMPO NOVO, os manifestantes afirmaram que moram em um terreno da região e estão protestando por conta de uma ordem judicial de desapropriação da área. Os moradores disseram ainda que só iriam liberar a rodovia quando algum representante da Prefeitura da Serra fosse até o local, o que aconteceu: uma equipe da Serra foi até lá para conversar com os moradores.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura da Serra para saber o que o Município tem a dizer sobre o assunto. A Secretária de Habitação, Cristiane Steam enviou um vídeo para o TEMPO NOVO. Ela explicou que os lotes apontados pelos moradores são regulares. “São devidamente registrados em cartório e não cabe ao Município fazer regularização sem a anuência do proprietário”. Veja o vídeo completo: 

Motoristas ficam revoltados com manifestação

Os motoristas sofreram para passar pela rodovia na manhã desta segunda-feira. É o caso da Beatriz Aleixo. Ela afirma que ficou parada desde as 5 horas da manhã na BR-101 e precisava ir ao seu trabalho. “Estou parada desde 5h da manhã! Indo viajar para trabalhar no interior, só liberam um lado da pista, e está todo mundo revoltado com a situação. Se eles não têm serviço eu tenho”, afirma a moradora.

Quem também reclama da situação é Sérgio Oliveira. “Preciso chegar no meu trabalho, mas está impossível. Entendo o lado deles, mas eles não podem atrapalhar toda a população por conta disso. Pessoas que trabalham precisam usar a rodovia”, reclama o popular.

Confira últimas atualizações sobre a manifestação:

 

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Polícia Militar atendeu 6.124 ocorrências na Serra durante o mês de julho

Durante os 31 dias do mês de julho na Serra a Polícia Militar realizou 1.677 operações. Os dados foram divulgados pelo 6º Batalhão da...

Novo condomínio de R$ 35 milhões pode gerar até 200 vagas de emprego na Serra

Um investimento de R$ 35 milhões e a expectativa de geração de até 200 vagas de empregos diretos. Esse é o impacto econômico do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!