28.6 C
Serra
domingo, 24 de Maio de 2020

CORONAVÍRUS NA SERRA

cidade registra 1.777 infectados, 107 mortos e 554 curados

Amigos da Serra criam ong para proteger o Mestre Álvaro

Publicado em:
Atualizado em:

Leia também

Academias de ginástica do Estado voltam a funcionar nesta segunda-feira (25)

O Governo do Estado liberou as academias de ginástica para voltar a funcionar a partir desta segunda-feira (25), em...

Idosos de asilos da Serra testam positivo para Covid-19

Três residentes de Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) da Serra testaram positivo para o novo coronavírus. O município...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já registra 107 óbitos

Em apenas 24 horas, a Serra registrou 12 novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Além da preservação, a ONG também quer fomentar o turismo no morro. Foto: Mauro Schauffert

Por Thiago Albuquerque

Foi criada no início de fevereiro a primeira ong registrada da Serra voltada a proteção do Mestre Álvaro. A Associação Ambientalista Amigos do Mestre Álvaro nasceu de um antigo sonho de alguns amigos que subiam com frequência no monte para apreciar sua beleza.

A ong foi formada por um grupo de amigos que tem como único objetivo e paixão proteger o que resta da natureza no monte. Exemplo disso é uma ação que aconteceu em maio de 2016 que durou 21 dias. Na ocasião, aconteceu um incêndio provocado por descarga atmosférica, e os amigos se juntaram para combater o fogo.

O nome Amigos do Mestre Álvaro surgiu devido à história do grupo e, sobretudo, em homenagem a montanha, por sua importância ecológica, paisagística, histórica e cultural para a Serra e para o Espírito Santo.

O objetivo da ong é a preservação, defesa e conservação da Área de Proteção Ambiental (Apa), coibindo ações depredatórias. “Queremos primeiro tornar esta Apa uma referência de práticas de conservação, proteção e sustentabilidade aplicável em outras reservas ambientais de nossa cidade e demais localidades. O maior desafio é estancar a degradação provocada pelo ser humano. Conseguindo isso, pretendemos promover por iniciativa própria e em parcerias, formas de conscientização, através de atividades de educação ambiental para a população”, detalha Junior Nass, um dos articuladores da entidade.  

Júnior destaca que além da preservação, a entidade também vai ajudar no fomento do turismo de base comunitária, em especial o ecoturismo e o turismo de observação, atuando nas escolas, demais entidades existentes nas comunidades e empresas instaladas no entorno.

O grupo conta com uma diretoria composta por 11 membros efetivos e um total de 12 sócio fundadores. Entre eles, profissionais de diversas áreas de atuação como biólogos, estudantes de biologia, turismólogos, fotógrafos, profissionais liberais, técnicos do meio ambiente, informática, entre outros.

Participam da ong Bismarck Jardineiro, Nilson Aliprandi, AloilAnchesqui, Tio Lu, Junior Nass, Jean Robert, Ivan Demetrius, Márcio Azevedo, Heber de Paula, Tales Souza, Rafael Apelfeler e Filipe Ramos.

 

Comentários

Mais notícias

Idosos de asilos da Serra testam positivo para Covid-19

Três residentes de Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) da Serra testaram positivo para o novo coronavírus. O município conta com 23 instituições de longa...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já registra 107 óbitos

Em apenas 24 horas, a Serra registrou 12 novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)....

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem