Água e higiene contra a cistite no calorão

0
izabel editada
Izabel Bittencourt busca se prevenir do problema ingerindo muito líquido. Foto: Joatan Alves

Por Ana Paula Bonelli

Ardência, mau cheiro e vontade constante de urinar. Esses são os primeiros sintomas da cistite, inflamação da bexiga que no verão se torna uma ‘pedra no sapato’ de muitas mulheres.

O urologista Carlos Chagas explica que o aumento do problema nesta estação do ano se dá por conta de que as pessoas desidratam mais facilmente o que faz com que a urina fique concentrada. Ele também afirma que outro fator que favorece a infecção urinária são as férias que aumentam a atividade sexual.

E não são só as mulheres que sofrem com a infecção. O homem também pode contrair o mesmo problema, que neste caso é diagnosticado como prostatite. “Uma infecção da próstata que tem um quadro muito semelhante ao da mulher”.

Izabel Bittencourt teve cistite no verão passado. “Senti muita dor abdominal e também ardência para urinar, sentia muita vontade de urinar, porém não conseguia. Fui logo ao médico que me passou o tratamento com antibiótico. Tomo bastante líquido para evitar passar por tudo isso novamente”.

Quem também já sofreu várias vezes com a cistite é Maria Ramos. “Dói demais, é insuportável. Tive que ir ao médico várias vezes até conseguir curar totalmente a infecção. Hoje tomo bastante líquido e uso peças íntimas de algodão”.

Para quem quer evitar a infecção o urologista dá a dica. “Tomar bastante líquido, água, chá, suco ou sopa. A quantidade depende da cor da urina, se estiver escura está tomando pouco. O ideal é a urina estar clara”.

Carlos também alerta que o café, a pimenta, o álcool e os condimentos, favorecem irritações na bexiga, por isso devem ser evitados, se possível. “Urinar frequentemente é necessário. E se teve relação sexual a noite, deve-se urinar antes de dormir. A bexiga é uma caixa d’água e o movimento sexual favorece a migração das bactérias da vagina para a uretra e para a bexiga”.

Se evacuar o ideal é tomar banho e se urinar deve-se secar bem o local. “Evite duchas, elas diminuem a imunidade do local propiciando a infecção”.

O médico que atende no Hospital Metropolitano pondera que a cistite em seu estágio inicial é fácil de ser tratada. “Mas se não houver melhora tem que procurar um profissional”.

Comentários