23.2 C
Serra
terça-feira, 22 de setembro de 2020

Bares da Serra vão abrir com medidas de segurança contra coronavírus

Leia também

Quer emprego? Sine da Serra abre 166 novas vagas de trabalho nesta terça

Com oportunidades para diversas profissões, a terça-feira (22) chegou recheada de novas vagas de emprego no Sine da Serra....

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou,...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Uma das medidas adotadas por bares é a diminuição e distanciamento de mesas, como é o caso do Mestre Álvaro Botequim e Mercearia Gourmet. Foto: Divulgação

Com a pandemia do coronavírus, bares e similares estão adotando medidas para atender clientes com segurança e não fechar as portas durante o período de quarentena decretado pelo Governo do Estado. O uso de álcool em gel, distanciamento entre mesas, desligar o ar-condicionado e treinar funcionários para conscientizar pessoas sobre a necessidade da prevenção são alguns dos cuidados que estão sendo tomados por bares da Serra.

O Mercearia Gourmet, em Laranjeiras, não irá fechar, mas mudou sua rotina de atendimento. É o caso da música ao vivo que irá acontecer somente na sexta e no sábado. O local também refez o distanciamento entre as mesas que agora terão no mínimo 1 metro e 20 de distância uma da outra para evitar contato entre clientes e evitar aglomerações. Também está funcionando com as janelas abertas, sem o ar-condicionado ligado. Outra medida tomada pelo bar foi o treinamento dos funcionários para incentivar os clientes a usar álcool em gel. A direção também disse que a área kids está sendo higienizada todos os dias para evitar contágio das crianças. Durante a semana, o bar está dando preferência para atendimento externo.

Cartazes que o Taberna, em Laranjeiras, espalhará por suas dependências. Foto: Divulgação

Também em Laranjeiras, o Taberna Gastro Music Bar irá funcionar normalmente, mas tomou medidas de prevenção. Uma delas foi espalhar cartazes no bar com dicas de prevenção contra o coronavírus. Disponibilizou álcool em gel para os clientes e não permitirá maior quantidade de pessoas. A equipe do espaço de lazer também foi treinada para na entrada identificar, com educação, pessoas que tenham visivelmente algum sintoma de gripe e orientar a não entrar. “Caixa com luvas para dinheiro. Caso fecharmos, trabalharemos como um bar sem música ao vivo para somente comer e beber e sair e tentaremos entregas para manter os funcionários trabalhando”, disse a direção por meio de nota.

O Mestre Álvaro Botequim, que fica no mesmo bairro, vai funcionar normalmente e tomar alguns cuidados. Entre eles, diminuir o número de mesas, visando aumentar bem o espaço entre elas. Disponibilizar mais mesas na área externa (com maior circulação de ar). Realizar com maior frequência a rotina de higienização de todo o ambiente com sabão e álcool 70. Além de disponibilizar álcool 70 a todos os clientes e colaboradores. Vidraria, louças e talheres estão passando por processo de esterilização.

O local terá liberado para clientes salão e varanda e o mezanino ficará fechado. Talheres e louças estão sendo além de lavados, esterilizados com álcool e os funcionários da cozinha trabalhando de máscaras. O bar espalhou cartazes com dicas de prevenção da doença e ainda disponibiliza álcool em gel para clientes e funcionários.

Em Jacaraípe, a Cabana do Luiz, também estará funcionando normalmente e terá música ao vivo no fim de semana e está adotando cuidados para evitar disseminação do vírus, entre eles, o uso do álcool em gel.

Sindbares

O Sindbares – Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Espírito Santo – emitiu um comunicado oficial sobre a Covid-19 onde disse: “O Sindbares/Abrasel informa que bares e restaurante já praticam normas de higiene bem rígidas e boas práticas de manipulação de alimentos que seguem os melhores e mais sérios padrões de higiene, promovendo segurança aos funcionários e clientes. Até o momento, no ES, os casos ainda são muito poucos, não letais, e por isso seguindo orientações oficiais, não há indicativo de suspensão de nenhuma atividade”.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou, nesta segunda-feira (21), o "negacionismo"...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!