27.5 C
Serra
domingo, 20 de setembro de 2020

“A Serra precisa superar essa disputa insana entre Audifax e Vidigal”, diz Bruno Lamas

Leia também

Moradora da Serra pede ajuda para continuar cuidando de animais resgatados de maus-tratos

Cuidar de um animal muitas vezes é difícil para algumas pessoas, agora imagine cuidar de 25 cães e ainda...

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Deputado Bruno Lamas reafirma que é candidato a prefeito da Serra. Foto: Foto: Lucas Silva

Na tarde da última quarta-feira (12) o deputado Bruno Lamas (PSB) esteve na sede do Jornal Tempo Novo. Animado e com discurso afiado, Bruno reafirmou que estará nas urnas em novembro – diferente do que aliados do deputado Sérgio Vidigal (também pré-candidato) têm espalhado. Aos 43 anos, Bruno diz que a Serra precisa oxigenar a Prefeitura, que desde a década de 70 elegeu apenas quatro prefeitos. Por isso, ele aposta que o eleitor vai buscar “um novo, mas com segurança”.

A entrevista foi dividida em duas partes, essa primeira trata de eleição propriamente dita e a segunda (que será publicada amanhã – dia 14) é focada em propostas e projetos de acordo com o ciclo de reuniões e eventos que o PSB fez para dar um diagnóstico da Serra e propor ações durante e após o período pandêmico. Recheada de insinuações e farpas contra Vidigal, Bruno criticou a briga entre o ex-prefeito e o atual, Audifax Barcelos (Rede), além disso, disse que será o responsável por defender o Governo de Renato Casagrande, da qual este “é o maior incentivador” de sua candidatura a prefeito.

Têm surgido especulações de que você não será candidato a prefeito. Esse papo tem endereço, vem direto de aliados e pessoas ligadas ao deputado Sérgio Vidigal. O que você tem a dizer sobre esse assunto?

Falar até papagaio fala. Esses aliados do ex-prefeito prestam um desserviço para a Serra e para a democracia, pois o debate é importante, e tem que ser saudável, honesto e sem falácias.  Sou pré-candidato a prefeito, estarei na eleição, nossa convenção esta marcada para 10 de setembro e farei o registro da minha candidatura junto com a chapa de vereadores. Se o Vidigal vai ser candidato, eu não sei, o que eu posso afirmar é que Bruno Lamas será candidato a prefeito da Serra.

Como a pandemia pode afetar a decisão do eleitor da Serra? Pode beneficiar candidatos já experimentados e mais conhecidos?

Os serranos querem um nome novo, isso é fato. Da década de 70 pra frente, tivemos apenas 4 prefeitos. Mas não pode ser qualquer um, o eleitor quer um novo com segurança e com preparo. Tudo que escrevi na vida pública foi na raça e com muito trabalho. Me preparo para isso (ser candidato a prefeito) a mais de 20 anos, com passagem pela Câmara; deputado duas vezes; e como secretário de Estado em uma pasta sensível e complexa, fiquei 14 meses. Onde estive, sai com as mãos limpas, com a ficha limpa, sem nenhum processo, será que outros pré-candidatos podem falar o mesmo? Por isso me apresento como opção para a cidade.

O ‘Bruno Lamas para prefeito’ vai ter apoio irrestrito do PSB e de Renato Casagrande?

A única pré-candidatura concreta, da qual o partido se apresentou através da Fundação João Mangabeira para escrever um diagnóstico, com participação do governador, foi a minha na Serra. Casagrande é o líder do partido que estou filiado há 27 anos. Politicamente, ele tem sido o mais interessado, apoiando e incentivando nosso projeto. Inclusive, dentro do debate político somos nós que vamos defender as ações do Governo e a atuação do governador. Faremos isso com prazer, pois é um Governo trabalhador, honesto, e que enfrenta momentos difíceis como as chuvas e essa pandemia.

Qual é o recado que você quer passar para a cidade neste processo eleitoral?

Olha, sou um filho de uma professora, e tenho convicção que a Educação é o principal fator de transformação social, de se reduzir violência, de formar pensadores, pessoas em condições de contribuir como o desenvolvimento da cidade. A Serra é onde nasci, onde fiz família e crio meus filhos. Essa é a cidade mais importante do Estado, não somente pela participação econômica, mas por conta de suas riquezas naturais e culturais. Precisamos de mais protagonismo, e para isso a cidade precisa superar essa disputa insana entre Audifax e Vidigal, que se tornou uma disputa pessoal entre duas lideranças. Vamos dialogar sem extremismos, junto com o Governo do Estado e as oportunidades que essa boa relação pode ofertar na infraestrutura na vida do serrano.

Quais partidos estão no leque da sua pré-candidatura?

PSB, DEM, PV, Avante e outros partidos da base do Governo Casagrande – como o Cidadania. Vamos apresentar um Programa de Governo maduro que trata a Educação de forma prioritária e que se preocupa muito com as pessoas. Por anos, os prefeitos da Serra investem muito em infraestrutura, vamos continuar fazendo isso, entretanto vamos trazer um olhar mais sensível para a vida das pessoas e de forma muito transparente. Queremos colocar na porta da Prefeitura um painel mostrando em tempo real o que o município arrecada e como aplica os recursos.

Já tem um vice em vista?

O que nos queremos é uma composição com alguém do movimento popular. Precisamos dar voz ao Orçamento Participativo, até porque quem sabe as necessidades das comunidades são os líderes comunitários, por isso eles precisam ter protagonismo. As decisões de investimentos precisam ser debatidas na base, e não em uma sala fechada com 4 ou 5 secretários.

Comentários

Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Mais notícias

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no ranking estadual da qualidade educacional...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem foi assassinado por volta das...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!